Sócios disponíveis para contacto

 

Aqui listamos os sócios da SPA que se encontram disponíveis para contacto por parte do público em geral, media, editoras e organismos afins.

última atualização - dez 2013

 

Alexandre Aibéo
(aaibeo@estv.ipv.pt)
Filiação: CAUP / ESTGV-IPV
Local: Viseu, Portugal
Idiomas: Inglês, Português

Áreas de investigação: Astronomia Teórica e Simulações, Estrutura e Evolução Estelar, Sistema Solar.
Estudo das partículas que são lançadas continuamente pelo Sol. A sua relação com os "humores" do Sol e qual a sua influência no planeta Terra.
Alexandre Costa
(alexandrejcosta@gmail.com)
Local: Loulé, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Espanhol, Português
Áreas de investigação: História da Ciência, Didáctica da Astronomia

Ana Maria Mourão
(amourao@ist.utl.pt)
Filiação: CENTRA - Centro Multidisciplinar de Astrofísica do Instituto Superior Técnico
Local: Lisboa, Portugal
Idiomas: Inglês, Português, Russo

Áreas de investigação: Astro-partículas, Astronomia Observacional, Cosmologia, Galáxias.
Observa e estuda supernovas para determinar os parâmetros que regem a expansão do Universo e perceber a evolução do Universo.
Atualmente estuda também as propriedades da galáxias onde recentemente foram detetadas supernovas. O objectivo é perceber até que ponto as propriedades das galáxia hospedeiras estão relacionadas com as propriedades das supernovas.
Ana Sofia Paulino Afonso
(asofiafonso@gmail.com)
Filiação: Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Local: Lisboa, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Português
Áreas de investigação: Astro-partículas, Astronomia Observacional, Astronomia Teórica e Simulações, Cosmologia, Estrutura e Evolução Estelar.
André Moitinho de Almeida
(andre@sim.ul.pt)
Filiação: SIM - Universidade de Lisboa
Local: Lisboa, Portugal
Idiomas: Inglês, Espanhol, Português

Áreas de investigação: Estrutura e Evolução da Via Láctea: Missão espacial Gaia e observações a partir da Terra. 
Formação colectiva de estrelas.
Desenvolvimento e construção de instrumentos para observações astronómicas. Computação e processamento de dados para grandes "surveys" a partir da Terra e em missões espaciais.

 

David Sobral
(sobral@strw.leidenuniv.nl)
Filiação: Leiden Observatory, University of Leiden, The Netherlands
Local: Leiden, South Holland, The Netherlands
Idiomas: Inglês, Espanhol, Português

Áreas de investigação: Astronomia Observacional, Cosmologia, Galáxias.
- Usar os melhores e maiores telescópios do mundo e do espaço para olhar para o Universo com diferentes idades e compreender o seu crescimento e evolução. Como é que galáxias como a nossa se formaram e como evoluíram até se tornarem no que são hoje?
- As galáxias são "sociais" e muitas vivem em grandes cidades e metrópoles, enquanto outras preferem viver no "campo" e em "isolamento". O que é mais importante, os processos internos de cada galáxia, ou o ambiente em que se encontra?
- As galáxias podem ser vistas como "países" ou "continentes" com uma "taxa de natalidade" (em que os bebés são estrelas). Como é que a taxa de natalidade no Universo inteiro variou ao longo da sua história (desde o Big Bang até hoje: ~13 mil milhões de anos)?
- Quebrar records! Encontrar as primeiras galáxias!

Ilídio Lopes
(ilopes@uevora.pt)
Filiação: Universidade de Évora / IST
Local: Lisboa, Évora, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Português
Áreas de investigação: Astro-partículas, Astronomia Observacional, Astronomia Teórica e Simulações, Cosmologia, Estrutura e Evolução Estelar, Formação de Estrelas, Sistema Solar.
Física do Sol e Estrelas, Evolução Estelar, Neutrinos Solares, Materia Escura, Fisica das Partículas e Cosmologia, Astrosismologia, Heliosismologia, Sol e Space Weather, Magnetismo Solar e Estelar, Ciclo Magnético Solar.
Joana Ascenso
(jascenso@astro.up.pt)
Filiação: Sociedade Portuguesa de Astronomia
Local: Porto
Idiomas: Português, Inglês, Espanhol
Áreas de investigação: Formação de estrelas
João Fernandes
(jmfernandes@mat.uc.pt)
Filiação: 1. Centro de Geofísica da Universidade de Coimbra
2. Observatório Astronómico da Universidade de Coimbra,
3. Departamento de Matematica da Matemática da Universidade de Coimbra
Local: Coimbra, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Português

Áreas de investigação: Evolução Estelar, Física Solar, História da Astronomia em Portugal. Ensino e divulgação em Astronomia.

Mário J. P. F. G. Monteiro
(mario.monteiro@astro.up.pt)
Filiação: Centro de Astrofísica da Universidade do Porto
Departamento de Física e Astronomia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Local: Porto, Portugal
Idiomas: Inglês, Português
Áreas de investigação: Astronomia Teórica e Simulações, Estrutura e Evolução Estelar.
Mercedes Filho
(mfilho@astro.up.pt)
Filiação: Centro de Astrofísica da Universidade do Porto
Local: Porto, Portugal
Idiomas: Inglês, Português
Áreas de investigação: Formação e Evolução de Galáxias, Buracos Negros, Formação Estelar em Galáxias, Colisões e Interacções Entre Galaxias, Instrumentação, Interferometria.
Paulo Garcia
(pgarcia@fe.up.pt)
Filiação: Universidade do Porto, Faculdade de Engenharia, Departamento de Engenharia Física
Laboratório SIM, Unidade FCT nº 4006
Local: Porto, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Espanhol, Português
Áreas de investigação: Astronomia Observacional, Astronomia Teórica e Simulações, Formação de Estrelas, Instrumentação, Meio Interestelar.
Origem das estrelas e planetas, modelos, medições e instrumentação associada.
Pedro Lacerda (p.lacerda@qub.ac.uk)
Filiação: Queen's University Belfast, Reino Unido
Local: Belfast, Reino Unido
Idiomas: Inglês, Francês, Espanhol, Português, Italiano, Holandês
Áreas de investigação: Sistema Solar.
Estuda pequenos corpos do Sistema Solar, em particular objectos com órbitas para além de Neptuno. Esses objectos são fósseis da época em que os planetas se formaram. Por se conservarem a baixíssimas temperaturas (menos de 200 graus centígrados negativos), estes objectos retêm grandes quantidades de gelos de água, metano, amónia, dióxido e monóxido de carbono, entre outros. Essas substâncias permitem-nos investigar as reacções químicas que ocorreram no início do sistema solar. Por outro lado, as distribuições de tamanho, forma, rotação, etc. dão-nos informação sobre os processos físicos responsáveis pela formação dos planetas.
Pedro Manuel Edmond Reis da Silva Augusto
(sciman@med.up.pt)
Filiação: Grupo de Astronomia da Universidade da Madeira
Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa
Local: Porto, Portugal
Idiomas: Inglês, Português
Áreas de investigação: Astro-partículas, Astronomia Observacional, Cosmologia, Galáxias, Instrumentação.
Galáxias, Buracos Negros, Rádioastronomia, Telescópios.
Pedro Nuno Mourato Baptista Gual
(pedro.gual@netcabo.pt)
Local: S. João da Madeira, Portugal
Idiomas: Inglês, Português

Áreas de investigação: Divulgação da Astronomia junto de alunos do ensino secundário.
Organização das Olimpíadas de Astronomia.

Ricardo Cardoso Reis
(ricardo.reis@astro.up.pt)
Filiação: Núcleo de Divulgação, Centro de Astrofísica da Universidade do Porto
Local: Porto, Portugal
Idiomas: Inglês, Português
Áreas de investigação: Divulgação de Astronomia.
Rosa Doran
(rosa.doran@nuclio.pt)
Filiação: NUCLIO - Núcleo Interactivo de Astronomia
Local: Cascais, Portugal
Idiomas: Inglês, Português
Áreas de investigação: Astronomia Observacional, Astronomia Teórica e Simulações, Cosmologia, Buracos Negros, Astronomia em Educação.
Rui Curado da Silva
(rui.silva@coimbra.lip.pt)
Filiação: LIP - Coimbra
Local: Coimbra, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Espanhol, Português, Italiano
Áreas de investigação: Instrumentação - instrumentação para o espaço na banda dos Raios-X e Raios Gama.
Vítor Bonifácio
(vitor.bonifacio@ua.pt)
Filiação: Departamento de Física da Universidade de Aveiro & Centro de Investigação "Didática e Tecnologia na Formação de Formadores"
Local: Aveiro, Portugal
Idiomas: Inglês, Francês, Português
Áreas de investigação: História da Astronomia em Portugal. Ensino e divulgação em Astronomia